Pai quebra costelas e mata bebê de 3 meses porque não aguentava mais o choro

Pai quebra costelas e mata bebê de 3 meses porque não aguentava mais o choro
Um homem identificado por Alexandre Montanholi, de 23 anos, foi preso suspeito de quebrar as costelas e matar seu próprio filho de 3 meses, e o motivo foi apenas por que estava estressado com o choro do bebê. O fato foi registrado em Andaras (MG). 
A mãe da criança Ana Carolina Lourenço Cândido, de 19 anos, também foi presa por tentar acobertar o crime.
Depois de matá-lo, os pais levaram o bebê para o hospital. E os médicos perceberam que a morte de Yago não foi natural. Enquanto esperavam para saber se o filho estava bem, o casal chegou a postar mensagens de luto nas redes sociais. “Hoje o dia amanheceu muito triste. Acabei de perder meu filho”, escreveu a mãe.
O hospital acionou a polícia que levou o casal para prestar esclarecimentos. No local, eles confessaram o que de fato aconteceu. “O bebê bateu a cabeça no braço do sofá depois que o pai o arremessou e assim ficou com traumatismo craniano. Ele também sofreu várias joelhadas e ficou com vários hematomas pelo corpo, além de quatro costelas quebradas, conforme diz o exame de necropsia”, relatou o delegado Fabiano Roberto Mazzarotto Gonçalves ao jornal Extra.
Yago era o primeiro filho do casal. Alexandre e Ana Carolina foram levados para um presídio em Andradas. Os vizinhos também serão ouvidos pela polícia. O inquérito deve estar concluído em 10 dias e o casal será indiciado.

Com informações do site Metrópoles.

Postar um comentário

0 Comentários