Corpo de taxista é encontrado pela família com pés e mãos amarrados

Informações preliminares dão conta de que o taxista foi sequestrado na cidade de Petrolina (PE) e levado para a cidade de Simplício Mendes, onde teria sido morto a pauladas.

Um taxista identificado como Illeno Alexandre da Silva foi vítima de latrocínio nesta segunda-feira (4) na cidade de José Dias, região de Picos, no sul do Piauí. Segundo informações do comando do 4º Batalhão da Polícia Militar, o corpo da vítima foi encontrado com os pés e mãos amarrados em um matagal no povoado Santa Luzia, no mesmo município, pelos próprios familiares.

Informações preliminares dão conta de que o taxista foi sequestrado na cidade de Petrolina (PE) e levado para a cidade de Simplício Mendes, onde teria sido morto a pauladas. “Nós já tínhamos policiais nossos em Simplício Mendes, porque informaram que o corpo estava por lá, e tinham familiares dele também ajudando a procurar. Conseguiram encontrar o corpo por volta das 15h”, afirma o comandante do 4º BPM, coronel Edwaldo Viana.

De acordo com o comandante, o casal apontado como autor do crime foi identificado como Nilton Moura do Nascimento e Janaína Viana Martins. A dupla teria escolhido o taxista com o objetivo de roubar o veículo. Em depoimento à Polícia Civil, Nilton teria confessado participação em outros assassinatos. “Esse homem que matou é homicida, esse já é o oitavo homicídio dele. Ele mata por prazer”, relata o coronel.

O casal encontra-se detido da Delegacia Regional de Picos. O corpo da vítima foi recolhido e encaminhado para a cidade de Petrolina, onde será velado. 

Por: Nathalia Amaral

Postar um comentário

0 Comentários