Juíza da Comarca de Paulistana perde luta contra doença e morre aos 40 anos

Juíza da Comarca de Paulistana perde luta contra doença e morre aos 40 anos
A juíza titular da Vara Única e do juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Paulistana (PI), Dra. Elane Santana Bispo, de 40 anos de idade, faleceu em Salvador, capital do Estado da Bahia.

A magistrada realizava tratamento de saúde desde o ano de 2010, quando foi diagnosticada com câncer de mama. Em 2015, ela pediu afastamento das funções, depois de representação disciplinar apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí, junto a Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), alegando atraso nos processos, audiências desmarcadas sem justificativa, entre outros fatores.


Receba notícias do ‘RIACHAONET.COM.BR através do WhatsApp
Juíza da Comarca de Paulistana perde luta contra doença e morre aos 40 anos
Fórum de Paulistana

Na época, em nota, a juíza esclareceu. “Desde 2010 tenho enfrentado forte tratamento contra um câncer de mama.  No meu caso, já com o câncer em estado de metástase, tenho feito tratamentos clínicos conservadores, com medicamentos quimioterápicos e fortes efeitos colaterais.”, disse.

Dra. Elane reafirmou o compromisso com o seu trabalho, salientando que, mesmo acometida por um câncer, continuava a executar suas tarefas dentro das possibilidades.

Nesta quarta-feira, 27 de fevereiro, cerca de dez anos depois de ser diagnosticada com câncer, a magistrada perdeu a luta contra o câncer e veio a óbito.

CidadesnaNet
NOTA DE PESAR: 
  
É com profundo pesar que a Juíza de Direito substituta e os servidores públicos da Comarca de Paulistana informam o falecimento da Excelentíssima Senhora Doutora Juíza de Direito, titular desta Comarca, Elane Santana Bispo, ocorrido na manhã desta quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019. 
   À família enlutada apresentamos nossos mais sinceros sentimentos de solidariedade e respeito, rogando a Deus para que conforte o coração dos familiares e amigos, neste momento de profunda dor. 
 Por Chico Pedrosa / Pedrosa News / Fala Piauí 

Postar um comentário

0 Comentários