Ex-vereador de Queimada Nova é encontrado morto com sinais de enforcamento


Ex-Vereador Adelício que matou esposa enforcada, aparece morto com marca de enforcamento Ex-Vereador Adelício Q.Nova-PI (Foto Net)
Você lembra-se deste caso da cidade de Queimada Nova –PI, fato ocorrido no dia 27/04/2005, que envolveu o Vereador Adelício Evangelista Coelho? Então veja abaixo trechos da reportagem da época:
“...O vereador Adelício Evangelista Coelho (PFL), do município de Queimada Nova-PI, que matou sua mulher, por ciúmes, está preso em Paulistana. O vereador matou, na noite de quarta-feira (27/04/2005), Maristela Maria de Sousa Coelho, com quem era casado. Após o assassinato, ele simulou o enforcamento da vítima e foi dormir...”

Pois bem, o ex-Vereador que foi cassado na época pela Câmera de Vereadores de Queimada Nova-PI, após ter sido condenado pela Justiça como autor da morte da esposa, fato que chocou a população da região na época. Adelício chegou a ter prisão privilegiada no Quartel de Polícia Militar de Paulistana enquanto parlamentar, após perder o mandato, desceu para Penitenciária de segurança máxima José de Deus Barros na cidade de Picos-PI.

Chegou a ser ainda solto pela Justiça e andava em Paulistana e região como se nada tivesse acontecido. comentários do povão que Adelício fazia zombaria do caso da morte da sua esposa. A Justiça mandou prendê-lo novamente, desta vez o mandou para Penitenciária agrícola Major Cesar, município de Altos, onde cumpria o restante da pena. dez dias o mesmo esteve em Paulistana e região, privilegiado por induto.

Portanto, na manhã deste sábado (22) na horta da colônia agrícola da Penitenciária Major César de Oliveira, em Altos (42 km de Teresina). Adelício (ex-Vereador), foi encontrado nas hortas daquele presídio morto, com marca de enforcamento no pescoço, com sangramento no nariz. O corpo do mesmo foi levado para IML para perícias.

Fonte: Meionorte.com

Postar um comentário

1 Comentários

Anônimo disse…
Prezados(as), o pior de tudo isso que aconteceu em relação ao Adelício, nada mais foi do que uma traição por parte da sua ex esposa a Maristela Maria. A mesma, era amante do Sr. Daniel Teixeira, cujo "cidadão" citado, está em Queimada Nova foragido de Petrolina-PE. Pois, no momento em que ele por os pés naquela cidade pernambucana, será sumariamente executado. Este Daniel foi o pivô e causador de toda esta desgraça. Manoel Augusto Rosas