179 cidades do Piaui, sem bancos federais, podem perder recursos

Municípios precisam constituir agências bancárias.
Se nenhuma providencia for adotada até o dia 29 de agosto, dos 5.563 Municípios, um total de 2.642 (47%), que não possuem agências de bancos federais, terão dificuldades para receber repasses financeiros do governo federal.
O alerta está sendo lançado pelo presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, e tem como base o Decreto 7.507/2011, publicado no dia 28 de junho pela Presidência da República.
Dos 224 Municípios do Estado do Piauí, 179 não contam com agência bancária federal.
Ao analisar o impacto que pode acarretar nos municípios brasileiros a edição do Decreto nº 7.507/2011, que regulamenta todas as transferências de recursos da União para os Estados e Municípios, Ziulkoski afirma que “o texto obriga que toda a movimentação financeira seja feita via intermediação bancária e através dos bancos oficiais federais”, destaca.
Levantamento da CNM mostra que em um grande número de municípios não existe um banco federal
Com informações do Meio Norte

Postar um comentário

0 Comentários